Mundo Pornô: Dread Hot e Fever Films são acusados por várias Camgirls e atrizes do pornô amador por exploração, abusos, má fé e crime de zoofilia


PODCAST

Com mais de 200 mil seguidores no Twitter a camgirl, Alice Rey montou uma sequencia de material com prints e republicou conteúdos de outras camgirls para explicar o que está ocorrendo com as profissionais do pornô amador brasileiro.

A formosa atriz pornô Dread Hot, teria supostamente agito de má fé e cometido abusos e exploração ao comercializar conteúdos que envolvem outras profissionais. Alguns dos(as) denunciantes são os atores: Luanna Vaz e Lucão Camargo, Emme White e Vênus.

Confira a publicação de Alice Rey no twitter:

THREAD (quase) COMPLETA sobre o caso de zoofilia cometido por Dread Hot e Alemão. E exposed FeverFilms + Clara Aguilar #crimenaoefetiche

Ano passado vazou a foto abaixo onde claramente Alemão coloca comida nas partes íntimas de Dread Hot que segura um gato afim que o animalzinho lamba/coma durante uma transmissão ao vivo supostamente em um site estrangeiro. #crimenaoefetiche

Muitas camgirls se revoltaram e pediram um posicionamento de Dread Hot que na época alegou ter sido ingênua e estar arrependida. Clara Aguilar como uma amiga muito próxima de Dread Hot, ao ser questionada sobre o assunto tentou silenciar as modelos e disse a célebre frase abaixo.

Com o tempo a história acabou caindo no esquecimento, até que há 2 dias Lunna Vaz e Lucão Camargo trouxeram à tona novamente o acontecido, tendo em vista que uma cliente pediu que ela cometesse zoofilia também.

https://www.instagram.com/tv/CCeM0xojxTU/?igshid=xt1k2d4s8qo3

A hastag #crimenaoefetiche começou a ganhar força após a live e tomou uma proporção maior que a anterior, dessa forma grandes nomes do pornô e do camming que já trabalharam com Dread Hot se posicionaram expondo que NÃO FOI UM CASO ISOLADO, como a mesma justificou na época.

Há cerca de 3 semanas Clara Aguilar havia criado um grupo no whatsapp para supostamente ajudar camgirls, e após toda repercussão colocou sua amiga Dread Hot neste grupo afim que ela se explicasse. Ali ela assume o ato dizendo ter sido um erro.

Visto que no passado Clara Aguilar havia relativizado o ato e agora abria espaço para a amiga se justificar em seu grupo, muitas camgirls estavam ansiosas por um posicionamento oficial que mais uma vez deixou a desejar dizendo que não tinha intenção de afundar ninguém.

A mesma Clara que há 3 semanas começou uma série de ataques gratuitos contra Priscila Magossi, autora da NCP, onde critica o trabalho de consultoria desenvolvido e a chamando de "coach" de camgirl dando entrevistas para vários jornais a difamando.

Clara Aguilar quem começou os ataques, indiretas, inclusive teve a atitude de mandar mensagem direta a muitas modelos expondo os detalhes sobre a suposta fraude, não o contrário. Contradição e empatia seletiva é o que mais veremos nessa história.

Voltando a Dread Hot, houveram muitas acusações de outros atos cometidos por ela, muitas incongruências sobre a forma como ela vem se posicionando como uma produtora de filmes adultos feminista com a Fever Films, mas que ao mesmo tempo vem explorando atrizes e camgirls.

Dread Hot teria sido desonesta não só com atrizes/camgirls, mas também com amigas próximas, como Emme White, que se posicionou relatando que foi usada como chamariz para a produtora, além de expor outros atos contraditórios nas atitudes de Dread Hot.

https://www.instagram.com/tv/CChDafbA2jE/?igshid=wlxeinuj2dzx

Outra atriz que se posicionou foi Vênus, que contou sobre a experiência que teve com a produtora Fever Films, expondo que Dread Hot teria criado a “casa das amadoras”, onde as atrizes não recebiam cachê e era omitido onde o conteúdo seria distribuído.

Assim, muitas modelos foram induzidas a gravar para a produtora acreditando que o conteúdo seria postado somente para um publico restrito, mas acabavam tendo seus videos amplamente divulgados em sites como Xvideos e Pornhub +

Podendo somente vende-lo no Camera Prive, mas após muito tempo que o conteúdo já circulava gratuitamente. Além disso, outras informações eram ocultadas, tais como com quem a atriz atuaria, resultando em atrizes hétero tendo que atuar em cenas lesbo e se machucando em cena. +

Atrizes que teriam saído de outro estado para gravar para a produtora, descobrindo na hora que não teriam direito a cachê, sem ter onde passar a noite, descobrindo na hora com quem atuariam, sendo induzidas a gravar mais cenas do que o combinado "para aproveitar a oportunidade" +

Aqui descobrimos que o suposto "pornô feminista" na verdade explora e traz danos a quem acredita em seus falsos ideais. Essa é uma história com muitas controvérsias, com pessoas que acabaram fazendo parte disso por omissão, hipocrisia ou conveniência.

Opressão se combate expondo o opressor, foi assim que vimos outros fatos vindo à tona. Precisamos perder o medo de nos manifestar quando presenciamos algo muito errado acontecendo. Seguimos pedindo justiça, que os criminosos paguem pelo que fizeram ao invés de querer nos calar.

Se você tem algo a dizer sobre esse caso, ou se já passou por algum abuso por parte de produtoras ou qualquer coisa que seja relacionado a tudo isso, use sua voz! #exposed

Originally tweeted by Alice Rey (@alicereyprive) on julho 13, 2020.


Após denuncias a FEVER FILMES publicou a seguinte nota

A produtora Fever Films nasceu em abril de 2019 por meio da união de pessoas e sonhos. Essa união foi embasada na consciência de que a indústria pornô poderia (e pode) se tornar um lugar melhor e mais humano. Assim, Dread Hot, que é uma das sócias da Fever, se uniu com outros sex workers (atores e atrizes que compunham nosso time) e profissionais fora do mundo do pornô vindos da música, cinema e entretenimento. Neste âmbito, informamos que Dread Hot e Alemão eram algumas das “caras” da empresa, mas, por trás disso, sempre existiu outro sócio e mais sete pessoas que formam um coletivo. Juntos, todos trabalharam e ainda trabalham para contribuir com novos olhares para a indústria pornográfica.

Recentemente, foram divulgadas informações e relatos sobre Dread Hot e Alemão que vão contra ao que a Fever Films sempre acreditou e propagou. Dito isso, reforçamos que não cabe a nós julgar ou fazer justiça. A Fever Films sempre se apoiou em um discurso e pensamento de AMOR e HUMANIDADE, e isso continuará sendo a nossa base. Então, mesmo que o ocorrido tenha acontecido antes da abertura da produtora, acreditamos que este seja o momento de muita mudança. Por isso, informamos que numa decisão conjunta, Dread Hot e Alemão serão afastados de todas as suas funções e responsabilidades da Fever Films por tempo indeterminado. Isso será feito não por uma questão de represália, mas sim porque acreditamos que o momento pede extrema reflexão e cuidado. Até que tudo seja apurado, essa será nossa postura.

Devido a boatos sobre a Fever Films que surgiram junto com esse ocorrido, nos colocamos à disposição para qualquer tipo de explicação. A forma como nós trabalhamos sempre foi a mais transparente possível para todos. Nossas negociações são feitas com cautela e responsabilidade. Tudo o que foi realizado foi acertado e conversado previamente. Todas as camgirls, atores e atrizes assinam um contrato, onde está explicitamente especificada a autorização de uso de imagem em todas as nossas plataformas (XVideos, PornHub, ManyVids e XHamster). Este acordo, inclusive, também especifica que os atores e atrizes recebem o material gravado, já editado, para venderem em sites de streaming no valor que quiserem. Ou seja, quem trabalha com a Fever já chega ao local da gravação sabendo que somos uma produtora que ainda não possui um site de streaming próprio e que usa as plataformas acima citadas para distribuir os conteúdos gravados.

O projeto “Casa dos Amadores” já teve várias edições e, a cada uma delas, aprendemos e aperfeiçoamos todo o nosso trabalho e processo para tornar as gravações mais humanas, prazerosas, justas e confortáveis para todos os envolvidos. Mesmo assim, caso alguma modelo que participou das produções da Fever Films tenha qualquer tipo de desconforto ou questão, informamos que nosso canal está aberto para conversas, dúvidas e resoluções. Nós sempre estivemos disponíveis ao diálogo e sempre oferecemos auxílio para todos os nossos colaboradores. Estamos tranquilos quanto ao trabalho que realizamos e nosso setor jurídico já está trabalhando para evitar a divulgação de informações falsas e caluniosas a respeito da Fever Films.

No mais, continuamos trabalhando coletivamente por um ambiente mais seguro e saudável.

​FEVER FILMS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.